old little fox

Monday, December 17, 2012


Ela sabia como era estar de coração partido, já o estivera uma vez. Envergava um sorriso, o mais bonito por camuflar toda a desilusão e dor, e assim, sorria mais que os outros, dava mais alegria ao dia que todos os outros enfadados com a rotina, com a vida. Naquele dia tinha acordado com força de sete ventos, mas não foi preciso. Alguém apareceu, limpou-lhe as lágrimas e, num abraço desajeitado, fez-la sentir-se quente outra vez. Ele sorriu-lhe, ela olhou para os seus pés corada e perdeu-se na leve caricia que ele lhe deu.

Kuwabara Ryu.

No comments:

Post a Comment