old little fox

Wednesday, August 15, 2012


Já é a segunda, a segunda noite em branco. Sinto a cabeça a latejar, as lágrimas correm como já era de esperar e a respiração é inexistente.
Só consigo pensar naquele sorriso doce jurando protecção enquanto me abraça, e hoje apercebi-me que essa protecção não enquadra a categoria amor. Ele não me vai proteger do amor, aliás ele vai até às minhas mais ínfimas raízes e envenena-me dele. Tornei-me vulnerável, uma criança sem meios de se proteger, por isso choro.
Triunfo do seu lado, um vagabundo me torno quando solitária. Só ele, o amor, quem nos pode proporcionar tal aberração sentimental.

5 comments:

  1. O amor é algo inexplicável. Complicado quando todos julgamos ser tão simples. É preciso ser forte não só para amar como para ter confiança no amor. Por enquanto vai doer-te essas insónias e as memórias que elas trazem, mas um dia serão pedras que ultrapassaste para te tornares alguém melhor do que já és :) Já passei por isso e sei que um dia mais tarde serão apenas memórias de um desafio que tivemos de passar... Força!

    ReplyDelete