old little fox

Saturday, August 27, 2011


Não entendo o que me estás a fazer. Essa tua indescritível forma de me amar deixa-me presa a pensamentos ousados que, neste momento, me obrigas a guardá-los somente para mim, quando era livre de os partilhar.
Não sei ler a tua mente, desta forma também não poderei adivinhar de onde vem tal privação.
É como se me desses o mundo e o tirasses logo de seguida.