old little fox

Wednesday, November 28, 2012

obrigada pai


Cheguei ao carro, sentei-me no lugar do pendura e deparei-me com o meu pai ao volante. «Bom dia», disse-lhe eu, ele deu-me uma festinha na bochecha, beijou-a e disse «tens um cabelo bonito».
Às vezes é preciso perder alguém para lhe dar valor, por mais que o pareça, nunca é tarde demais.

No comments:

Post a Comment